Skip to main content

Illustration of person driving with phone in the passenger seat

Política de direção distraída: Perguntas frequentes

Última atualização de 14 de junho de 2022 em Segurança do Motorista por Geotab Team |  6 minutos de leitura


Obtenha uma compreensão abrangente do que é uma política de direção distraída, como aplicar uma política e as melhores práticas de segurança do motorista.

Descrição – Entenda a importância de uma política de direção distraída bem pesquisada e como a telemática pode ajudar na segurança da frota.

Há um motivo pelo qual vemos tantos sinais sobre direção distraída, como "Mãos no volante, olhos na estrada" nas rodovias. De acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA, cerca de oito pessoas morrem todos os dias em acidentes que, segundo registros, envolvem motoristas distraídos nos Estados Unidos. O mesmo relatório sugere que as mensagens de texto são a maior causa de direção distraída. 

Enviar ou ler um texto afasta a sua atenção da direção durante cinco segundos. A 90 km/h, é como percorrer um campo de futebol inteiro com os olhos fechados. O Conselho Nacional de Segurança norte-americano estima que 42.000 pessoas morreram em acidentes com veículos motorizados em 2020. Um relatório preliminar divulgado pela entidade sugere que houve um aumento de 16% nas mortes por veículos motorizados apenas nos primeiros seis meses de 2021. 

O que é a direção distraída?

A direção distraída pode incluir muitas coisas: comer ou beber, fúria no trânsito, olhar para outros motoristas, crianças no carro, sintonizar o sistema de som ou de navegação, falar com outros passageiros, maquiar-se e, o mais comum de todos, usar o celular. 

Sempre que os motoristas desviam a atenção da estrada e se concentram em outra coisa, isso é definido como distração, de acordo com a Global Fleet Champions. As interrupções podem ocorrer tanto dentro como fora do carro. 

A campanha global sem fins lucrativos para prevenir acidentes e reduzir a poluição, Global Fleet Champions, é uma iniciativa administrada em parceria com a Brake, a instituição de segurança nas estradas. 

Quais são os diferentes tipos de direção distraída?

Há quatro tipos de distrações do motorista: 

4-distrações-driving

 

  1. Visual: quando um motorista olha para outra coisa que não seja a estrada. Pode ser o telefone, os outdoors ou os pedestres na calçada.
  2. Auditiva: quando o motorista se distrai com música alta, chamadas telefônicas com as mãos livres ou outros sons que desviam a sua atenção do volante.
  3. Manual: o motorista faz outra coisa além de dirigir. Pode ser arrumar-se, comer ou mexer no sistema de som.
  4. Cognitiva: quando a atenção do motorista está em outro lugar e não exatamente na direção ou na estrada.

Estatísticas e fatos sobre direção distraída

Um motorista distraído tem menor probabilidade de reagir a uma colisão ou perigo e tem maior probabilidade de se envolver em um acidente. Apenas um segundo longe do volante pode ser fatal ou causar ferimentos graves aos passageiros. A seguir, alguns fatos rápidos sobre as consequências da direção distraída segundo a Global Fleet Champions. 

  • 98% dos motoristas não conseguem dividir a atenção entre tarefas sem perder o desempenho da direção.
  • 65% dos quase acidentes são causados por motoristas que não estão prestando atenção.
  • 93% das colisões traseiras envolvem distração visual.
  • 1.000 pessoas ferem-se todos os dias em acidentes relacionados com a direção distraída.
  • Os motoristas que falam ao telefone têm quatro vezes mais probabilidade de sofrer um acidente que resulte em lesões.
  • 35% das colisões podem envolver beber e dirigir.

Como a fadiga pode afetar a capacidade do motorista de se concentrar na estrada?

Um exemplo comum de uma distração cognitiva de direção é a fadiga do motorista. A fadiga prejudica a capacidade de uma pessoa de estar alerta e afeta a sua capacidade de direção, independentemente do seu nível de experiência. Um motorista que sente cansaço corre um risco maior de se envolver em um acidente. 

Como se evita a fadiga ao dirigir? 

O relatório compartilhado pela Global Fleet Champions dá aos empregadores de motoristas profissionais orientações sobre as melhores práticas para a gestão do risco rodoviário profissional, independentemente do orçamento, tamanho da frota ou tipo de veículo.

Esse relatório se aprofunda mais nas causas e consequências da fadiga. Também recomenda medidas que um gestor de frota pode tomar para identificar e reduzir os riscos de fadiga dos motoristas dentro da sua frota. A gestão da fadiga é uma responsabilidade compartilhada entre a empresa e o motorista. A seguir, listamos algumas ações que cada um pode realizar para melhorar a segurança do motorista. 

Empresa:

  1. Certificar-se de que os turnos de direção incluem pausas suficientes para a recuperação entre turnos. Os motoristas precisam de ter um equilíbrio entre a vida profissional e a vida pessoal. Eles devem ter tempo suficiente para descansar, comer, passar tempo com a família e fazer as suas tarefas regulares.
  2. Fornecer aos funcionários informações e ferramentas que lhes permitam gerir o seu risco de fadiga pessoal.
  3. Tratar todos os relatórios de fadiga com seriedade.

Indivíduo:

  1. Tirar tempo para ter pausas suficientes. Os motoristas devem usar o seu tempo de descanso.
  2. Gerenciar atividades fora do horário de trabalho de forma que não afetem negativamente o desempenho do trabalho.
  3. Relatar fatores operacionais ou pessoais que possam aumentar o risco de fadiga.

O que é uma política de direção distraída?

De acordo com um relatório do IIHS-HLDI, 4.119 pessoas morreram em acidentes de caminhões em 2019. Após análise, foi relatado que 16% dessas mortes foram de ocupantes de caminhões, 67%, passageiros de carros e 15%, pedestres, ciclistas ou motociclistas. 

O custo da direção distraída para as empresas é elevado, considerando os custos potenciais relacionados com lesões e responsabilidade civil. Portanto, os empregadores são responsáveis por manter a segurança dos seus trabalhadores, e a criação de uma política eficaz de direção distraída faz parte disso. Esta diretiva ajuda a fornecer orientações aos funcionários e a qualquer pessoa que possa estar envolvida numa colisão. 

Como elaborar uma política eficaz de direção distraída?

Uma política de direção distraída funcional é prática, estabelece diferentes itens do que deve e do que não deve ser feito e destaca a importância da segurança do motorista. 

A seguir, alguns passos rápidos que uma empresa pode dar para garantir que a sua política de direção distraída seja mais eficaz:

1. Aborde bem o assunto 

Certifique-se de que os formuladores de políticas incluam todas as informações e abordem as áreas de preocupação. Pesquise e compare a política de direção distraída da sua empresa com a de outras empresas e implemente indicadores que possam ter faltado. Confira também os sites de especialistas, como do Departamento de Trânsito (Detran), para fatos precisos.

2. Crie uma política para todos 

Esta política de direção distraída deve aplicar-se a todos na empresa: motoristas de frotas, motoristas de automóveis, motoristas de entregas ou qualquer pessoa que conduza um veículo. Certifique-se de que a política é bem comunicada com cada um dos membros da empresa.

3. Eduque os seus funcionários

Todos os funcionários da empresa precisam receber formação e educação adequadas relativamente à política de direção distraída. A organização de seminários, discussões e sessões interativas é uma boa maneira de esclarecer o assunto. O objetivo desses exercícios é garantir que cada funcionário compreenda a importância e o impacto da política e os implemente de acordo com ela. Os empregadores precisam entender a importância do treinamento de seus funcionários e continuar os treinando com informações atualizadas e para a segurança de todos. 

4. Promova e atualize suas políticas e procedimentos

De vez em quando, lembre a todos os funcionários de revisar a política, refresque a memória de todos sobre o porquê de ser importante segui-la e por que ela deve ser aplicada. Além disso, informe sua equipe sobre quaisquer atualizações feitas na política. 

 

 

Como você pode aplicar uma política de direção distraída?

Criar um documento de política não é suficiente. A política precisa ser acompanhada por instrução, monitoramento e aplicação. 

Aqui estão algumas dicas que ajudarão você a aplicar uma política de direção distraída na sua empresa:

  1. Comunique claramente a todos os funcionários as consequências das violações.
  2. Identifique indicadores de desempenho que sejam fáceis de medir e gerir.
  3. Implemente cartões de pontuação dos motoristas que tornarão os motoristas responsáveis pelas suas ações. Os cartões de pontuação dos motoristas também ajudam a identificar os membros que precisam de treinamento adicional.
  4. Motive os motoristas, gamificando o programa de segurança.
  5. Um relatório de cinto de segurança é uma ótima maneira de conhecer as violações do motorista e ajudará os gerentes de frota a tomar as medidas necessárias.
  6. Utilize uma solução eficaz de gestão da segurança da frota.
melhorar-distrair-condução

Como a telemática pode ajudar a melhorar a segurança da frota?

A segurança da frota é um pilar-chave da solução de gestão de frota da Geotab. A telemática pode apoiar o programa de segurança de uma empresa e a política de direção distraída com coaching dentro do veículo, notificação instantânea de colisão e relatórios de risco e segurança. A Global Fleet Champions reportou que de 90 a 95% das colisões envolvem erros de motoristas evitáveis. 

Os dispositivos de rastreamento de veículos ajudam a obter dados que podem ser usados para identificar direção perigosa. Existem três tipos principais de dados que os gestores de frotas devem ter em conta: aceleração do veículo, velocidade do veículo em estrada e velocidade do motor do veículo. 

Esses pontos de dados podem ajudar a melhorar os comportamentos de direção, gerando relatórios de painel de segurança, alertas de segurança personalizados, sistemas avançados de colisão, histórico de viagens e definição de regras.

Você também pode monitorar a segurança da frota em tempo real e a velocidade da pista, a frenagem e a virada brusca. Toda esta informação pode ajudar você a treinar os motoristas e evitar a direção distraída de maneira eficaz. Os relatórios de tendências podem identificar quais motoristas de frota precisam de treinamento adicional. 

citação-chris-wilkens

A segurança no trânsito é uma responsabilidade compartilhada 

Motoristas, gestores de frotas, ciclistas, pedestres, empregadores, decisores políticos, governos,  e fabricantes podem todos contribuir para a segurança uns dos outros. Quando todos os interessados colaboram, podemos ajudar a tornar as estradas mais seguras para todos. 


Se você gostou deste post, fale para nós!


Aviso Legal

As postagens do blog da Geotab visam fornecer informações e incentivar a discussão sobre tópicos de interesse para a comunidade de telemática em geral. A Geotab não está fornecendo consultoria técnica, profissional ou jurídica por meio destas postagens do blog. Embora todos os esforços tenham sido feitos para garantir que as postagens neste blog sejam oportunas e precisas, erros e omissões poderão ocorrer, e as informações aqui apresentadas poderão ficar desatualizadas com o passar do tempo.

Fique por dentro das novidades do setor e dicas da Geotab

Inscreva-se para receber nosso conteúdo mensal com dicas sobre gerenciamento de frotas e novidades do setor. Você pode se descadastrar a qualquer momento.

Outros posts que você talvez goste

3 carros andando em 3 pistas separadas

Como prevenir acidentes nas frotas com o uso da ferramenta de reconstrução de colisões?

O relatório de reconstrução de colisões está disponível para todos os usuários da plataforma MyGeotab e desempenha um papel importante para entender as causas de um acidente e direcionar de forma precisa os treinamentos para os motoristas da frota.

20 de junho de 2024

Veículo em colisão

Maio amarelo: o que é e como a segurança da frota pode prevenir acidentes

O Maio Amarelo é uma campanha internacional criada em 2014 pelo Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV) que ocorre anualmente durante todo o mês de maio.

25 de maio de 2023

Triângulo na rua com carro acidentado

Estatísticas rodoviárias sobre o Carnaval e como evitar acidentes

Soluções de telemática veicular ajudam a proteger motoristas e criar políticas de conscientização de segurança da frota

14 de fevereiro de 2023

Caminhão com dois funcionários

Como a telemática veicular ajuda a prevenir acidentes e melhorar a segurança na frota

A telemática veicular ajuda a evitar acidentes e aumentar a segurança das frotas

27 de outubro de 2022

View last rendered: 07/12/2024 17:11:07