generic header image

Run on Less: os motoristas mostram como a tecnologia afeta a eficiência do combustível

Publicado em 7 de Julho de 2022 em Combustível por Scott Sutarik |  6 minutos de leitura


Caminhões com eficiência de combustível. Isso é possível? Com base nos resultados da exposição itinerante Run on Less, a resposta é “Sim”. Leia este artigo para saber como uma equipe de motoristas de caminhões provou que a eficiência de combustível pode ser alcançada.

O estado da economia de combustível em caminhões 

Quando se trata de economia de combustível na indústria de caminhões, há espaço para melhoria. O Estudo anual sobre combustível de frota (em inglês) do North American Council for Freight Efficiency (NACFE) relata que a economia média nacional de combustível de caminhões é de apenas 5,83 MPG. Considerando o aumento do custo do combustível nos EUA, a necessidade de melhorar a economia de combustível torna-se mais urgente à medida que o tempo passa. 

 

Por que a eficiência de combustível nos caminhões é importante:  

  • A redução do consumo de combustível economiza dinheiro (o estudo do NACFE mostrou que aumentar a economia de combustível para 7,06 MPG representa uma economia para a frota de US$ 4.653 por caminhão).
  • O preço médio do combustível diesel aumentou mais de US$ 1,20 desde 2003.
  • O combustível afeta os resultados financeiros (os custos do combustível representam 24%, em inglês, dos custos operacionais totais de uma frota).
  • O uso de menos combustível beneficia o meio ambiente por meio de emissões reduzidas.

A pesquisa da Geotab mostra o desempenho da economia de combustível por Estado

Para fornecer mais informações sobre o estado da economia de combustível em caminhões, a Geotab analisou a economia média de combustível de uma amostra de mais de 30.000 caminhões Classe 7 e Classe 8 equipados com um dispositivo telemático Geotab GO por um período de um ano, de junho de 2016 a julho de 2017, localizado nos Estados Unidos e no Canadá. 

Os resultados: 

  • A média de milhas por galão de caminhões Classe 7 e Classe 8 variou entre 4,51 MPG e 6,47 MPG.
  • Colúmbia Britânica (4,51 MPG), Alberta (4,75 MPG) e Saskatchewan (4,88) tiveram o MPG médio mais baixo nos resultados.
  • Rhode Island (6,53), Massachusetts (6,37) e Delaware empatado com Wisconsin (6,35) como os Estados com o maior MPG médio.

Veja a economia média de combustível por Estado e província em nosso infográfico de heat map, com as rotas do Run on Less (clique em Ver agora).

 

O botão "VER AGORA" é um link para a página final do infográfico. https://www.geotab.com/truck-mpg-benchmark/ (em inglês)

O objetivo desta pesquisa é fornecer uma ferramenta básica para ajudar as frotas de caminhões em seus esforços para melhorar a eficiência de combustível por meio de treinamento de motoristas e opções de especificação de caminhões mais recentes. A pesquisa foi realizada usando o Google BigQuery, o Google Datalab Notebooks usando Python e com a transmissão de dados telemáticos em tempo real da plataforma Big Data da Geotab.

 

Como disse Mike Roeth, Diretor executivo do NACFE, "Todos os anos, a indústria de caminhões norte-americana gasta demasiados US$ 40 bilhões com sua conta de combustível. Podemos reduzir isso significativamente com as tecnologias de eficiência corretas". A Geotab oferece muitas ferramentas para ajudar as empresas a otimizar suas frotas, incluindo relatórios de eficiência de combustível, manutenção preditiva e diagnóstico remoto. 

Resultados do Run on Less: os dados da Geotab mostram que a eficiência de combustível é possível

A eficiência de combustível em caminhões está dentro do alcance, conforme mostrado pelos resultados da campanha Run on Less. Sete caminhões Classe 8, equipados com tecnologias de eficiência e dispositivos Geotab GO, percorreram mais de 80.000 quilômetros em todo o país em uma exposição itinerante de três semanas. A equipe do Run on Less atingiu e excedeu com sucesso a meta original de 9 MPG.

 

Graças à tecnologia de eficiência de combustível e às práticas recomendadas de condução, as frotas do Run on Less economizaram US$ 7.193 e 11 mil litros de combustível e alcançaram um MPG excelente de 10,1.

Se os mais de 1,7 milhão de caminhões na América do Norte atingissem o mesmo MPG, a economia global totalizaria US$ 24,3 bilhões, 36 bilhões de litros de diesel e 98 milhões de toneladas de CO2 anualmente, de acordo com o Rocky Mountain Institute (em inglês).

Sobre a exposição itinerante Run on Less

Run on Less (em inglês) foi uma exposição itinerante entre países para aumentar a conscientização sobre as melhores práticas de eficiência de combustível em caminhões de longa distância. Durante três semanas em setembro, uma equipe de motoristas de caminhão transportou cargas de longa distância reais para diferentes destinos nos EUA, terminando no NACV Show 2017 em Atlanta. A frota de caminhões Classe 8 contava com algumas das mais recentes inovações em eficiência de combustível, incluindo: nova tecnologia de motor e tração, lubrificantes de baixa viscosidade, design aerodinâmico e métodos de condução eficientes.

 

O Run on Less é organizado pelo NACFE e pelo Carbon War Room com patrocinadores como Shell e PepsiCo. O NACFE tem o compromisso de aumentar a eficiência em caminhões na América do Norte, fornecendo informações em seus Relatórios de confiança sobre tecnologias de eficiência de combustível. A Carbon War Room, uma organização sem fins lucrativos fundada por Sir Richard Branson, está dando início à economia de baixo carbono por meio de iniciativas de sustentabilidade em transporte marítimo, caminhões, economia de ilhas, aviação e mineração. 

 

A Geotab se orgulha de ter sido uma patrocinadora do evento Run on Less. Como um fornecedor de soluções de gerenciamento de frota de plataforma aberta, a Geotab permite a otimização da frota (em inglês), a eficiência de combustível e a redução de emissões de CO2 para empresas de todos os portes. Estamos comprometidos com as melhores práticas de sustentabilidade em nossas tomadas de decisão e operações.  

Site do Run on Less

Conheça os motoristas

Motoristas das principais frotas dos Estados Unidos participaram do Run on Less, incluindo: Albert Transport, divisão Frito-Lay da PepsiCo, Hirschbach, Mesilla Valley Transportation, Nussbaum Transportation, Ploger Transportation e US Xpress. As frotas forneceram aos caminhões tecnologias de economia de combustível disponíveis comercialmente e selecionaram cada motorista por seu histórico comprovado de condução com eficiência de combustível.

Em conjunto, os motoristas do Run on Less têm mais de 170 anos de experiência em condução de caminhões. 

 

Henry Albert, Albert Transport Inc. 

Caminhão: 2018 Freightliner Cascadia Evolution Aero Xi Sleeper

Fato interessante: Albert é proprietário/operador independente desde 1996.

 

Brad Long, Hirschbach

Caminhão: 2016 International Prostar Skyrise Sleeper

Fato interessante: para Long, o destaque do caminhão é quando ele tem a oportunidade de levar sua família para a estrada com ele. Hirschbach tem uma estratégia de frota ecológica que inclui manter apenas caminhões de modelos mais recentes com menos de 3 a 4 anos. 

 

Joel Morrow, Ploger Transportation

Caminhão: 2016 Volvo VNM62T630 Sleeper

Fato interessante: Morrow dirigiu mais de 6 milhões de quilômetros em sua carreira.

 

Clark Reed, Nussbaum Transportation

Caminhão: 2018 Freightliner Cascadia Sleeper

Fato interessante: há mais de 12 anos, Reed trocou uma mesa de escritório por seu caminhão e não olhou para trás desde então. Reed é apaixonado pelo papel central que o transporte rodoviário desempenha na condução da economia geral. 

 

Tommy Revell, divisão Frito-Lay da PepsiCo

Caminhão: 2017 Volvo VNM Day Cab

Fato interessante: a Frito-Lay escolhe modelos de caminhões aerodinâmicos para otimizar sua frota e maximizar o desempenho, apresentando para-choques dianteiros com barreiras inferiores, saias laterais e extensores para redirecionar o fluxo de ar sob e ao redor do veículo, bem como carenagens de teto e fenda, espelhos aerodinâmicos, calotas e caudas de reboque.

 

Mark Risien, US Express

Caminhão: 2018 Freightliner Cascadia Sleeper

Fato interessante: o Cascadia de Risien é equipado com um painel solar que alimenta o ar condicionado, luzes e tomadas quando o caminhão é desligado. 

 

Roberto Sandoval, Mesilla Valley Transportation

Caminhão: 2018 International LT Sleeper

Fato interessante: Sandoval é de El Paso, Texas, e diz “Eu amo meu caminhão tanto quanto minha casa”.

Assista aos vídeos dos motoristas (em inglês).

Os dados telemáticos da Geotab são compatíveis com o monitoramento da eficiência de combustível  

A Geotab equipou cada caminhão e motorista do Run on Less com um dispositivo Geotab GO, chicote e acesso ao portal de gerenciamento de frota MyGeotab. 

Durante toda a campanha, os motoristas e os administradores do programa monitoraram suas estatísticas, como uso de combustível, nível de fluido de escape diesel (DEF), tempo parado com motor ligado, controle de piloto automático e muito mais a partir do software de gerenciamento de frota MyGeotab. Um engenheiro de soluções da Geotab configurou o painel e relata a economia de combustível. 

O dispositivo de rastreamento de veículos Geotab GO7 é capaz de fornecer vários diagnósticos, incluindo aceleração, carga do motor, rotação do motor (RPM) e uso de combustível. A análise adequada dessas variáveis pode ajudar a analisar e estimar ainda mais a Classificação de peso bruto combinado (GCWR) de um caminhão.

Exemplos de outros dados do veículo que podem ser medidos e monitorados em caminhões Classe 8 com a Geotab:

  • Ignição
  • Tensão de partida
  • Velocidade do motor
  • Hodômetro
  • Volume total de combustível utilizado
  • Nível de combustível (porcentagem)
  • Nível do líquido de arrefecimento
  • Temperatura e nível do óleo do motor
  • Temperatura do líquido de arrefecimento do motor
  • Tempo ocioso total do motor
  • Total de combustível usado quando parado com motor ligado
  • Temperatura do ar externo
  • Pressão do óleo

Para ler como as empresas de caminhões podem otimizar a manutenção com tecnologia, leia a postagem de Scott Sutarik sobre diagnósticos remotos (em inglês).

 

Relacionados

Os dados da Geotab mostram o impacto do furacão Harvey na atividade de condução e frota comercial (em inglês)

O tempo de veículo parado com motor ligado está custando dinheiro para sua empresa? (em inglês)

Modos simples para aumentar a eficiência de combustível com o MyGeotab (em inglês)

 


Se você gostou deste post, fale para nós!


Aviso Legal

As postagens do blog da Geotab visam fornecer informações e incentivar a discussão sobre tópicos de interesse para a comunidade de telemática em geral. A Geotab não está fornecendo consultoria técnica, profissional ou jurídica por meio destas postagens do blog. Embora todos os esforços tenham sido feitos para garantir que as postagens neste blog sejam oportunas e precisas, erros e omissões poderão ocorrer, e as informações aqui apresentadas poderão ficar desatualizadas com o passar do tempo.